6.4.20

Palavras Cruzadas online no Público

O Público já tem Palavras Cruzadas online e, para já, fica na história ao ser o primeiro jornal de referência em Portugal a levar as Palavras Cruzadas para o online.

Palavras Cruzadas Paulo Freixinho

Estas Palavras Cruzadas estão ligeiramente diferentes na sua construção... já não escondem provérbios, títulos de livros ou filmes mas continuam a ter muitas referências culturais (cinema, livros, música, pintura, etc.).
Continuo, igualmente, a utilizar algo que me caracteriza... palavras anotadas durante a leitura.
No entanto, a grande diferença reside na base... são baseadas em notícias.
Vão exigir muito de mim pois terei de estar, o mais possível, em cima do acontecimento, tendo em conta que as Palavras Cruzadas online são as mesmas do jornal em papel que têm de ser enviadas com alguma antecedência.
Quanto a inovações tecnológicas...
Nestas Palavras Cruzadas algumas pistas são complementadas por vídeos, fotografias e links para notícias do Público (estes últimos aparecem apenas depois da grelha preenchida).
A tecnologia permite também algumas ajudas pois pode revelar letras ou mesmo palavras.
Tem um cronómetro que regista o tempo que demora a preencher a grelha e permite partilhar o resultado com os seus amigos nas Redes Sociais.
Resta-me dizer que estas Palavras Cruzadas estarão acessíveis ao público em geral apenas até ao dia 15 deste mês... depois disso apenas estarão disponíveis para assinantes do Público digital.
E era esta a novidade que tinha para lhe dizer... espero que tenha gostado de saber.
;-)

Bem-vindo às Palavras Cruzadas do século XXI:

Notícia relacionada:

Amplexos e ósculos (dos inofensivo)!... fique bem...

28.3.20

O quadro mais valioso da arte brasileira

(…) M. Tavares, autor do livro Bucareste-Budapeste: Budapeste-Bucareste: Gonçalo
(…) Siza Vieira, Ministro Adjunto e da Economia: Pedro
Canção que dá nome ao álbum de Pedro Abrunhosa gravado nos EUA com músicos e técnicos de Prince (1996): Tempo
Cantora e compositora nigeriana: Sade
David (…), filósofo britânico defensor do empirismo: Hume
Deixou de usar o termo “vírus chinês” e passou a elogiar a China: Trump
Compilação de regras ou decisões jurídicas: Digesto
Cruel (poét.): Sevo
Disponibilizou 100 mil euros para iniciativas digitais na área da saúde: Gulbenkian
Edvard (…), pintor norueguês, autor de “O Grito” (1863-1944): Munch
Falar com hesitação: Titubear
Fase corresponde ao nível de alerta e resposta mais elevado no combate ao novo coronavírus: Mitigação
Feira do (…) de Lisboa, foi adiada devido ao novo coronavírus: Livro
Filme de e protagonizado por Ben Affleck: Argo
Flébil: Choroso
Idiota: Sandeu
Jogo online utilizado por jornalistas para esconderem notícias censuradas: Minecraft
Johnny (...), protagonista do filme Sweeney Todd: O Terrível Barbeiro de Fleet Street: Depp
Marta (…), Ministra da Saúde: Temido
Missão a (...), filme de Brian De Palma: Marte
Município na ilha de Lanzarote onde fica a casa de José Saramago: Tías
O (…) Camponês, livro de Rui Nunes: Anjo
O (…), disco de Rodrigo Leão (2020): Método
O homem que desenhou Astérix (1927-2020): Uderzo
O quadro mais valioso da arte brasileira, da pintora Tarsila do Amaral: Abaporu
Oleiro: Fígulo
Palavra utilizada por António Costa para classificar o discurso do ministro holandês Wopke Hoekstra: Repugnante
Pastar: Pascer
Povo que cais (...), música que faz parte do álbum “A Bunch of Meninos”, dos Dead Combo: Descalço
Primeiro-ministro britânico, testou positivo para o novo coronavírus: Boris
Proteína da (…), essencial para o novo coronavírus penetrar nas células humanas e nos contaminar: Espícula
Pulmões de aves: Leves
Sigla de Polymerase Chain Reaction, técnica utilizada nos testes para diagnosticar o novo coronavírus: PCR
Subestimou a pandemia ao dizer "nada acontece com brasileiros": Bolsonaro
Ter cheiro forte e agradável: Recender
Títulos de dívida pública emitidos pelo conjunto dos países do euro para assegurarem o seu financiamento: Eurobonds

23.3.20

Sopa de Letras: Coronavírus

Baseadas em algumas palavras sugeridas na minha página do Facebook, aqui fica uma Sopa de Letras com coisas que podemos fazer em casa a fim de ocupar o nosso tempo livre.
Não há palavras na diagonal.
Quantas consegue descobrir?

Para imprimir, siga os seguintes passos:
1- Clique na imagem para aumentá-la.
2- Clique no botão do lado direito do rato (mouse).
3- Clique em «Copiar imagem».
4- Cole a imagem no Word para imprimir e divirta-se!

Fique em casa, fique bem.

Amplexos e ósculos!... (estes são inofensivos)...

19.3.20

Teletrabalho, sei muito bem o que é

Sei muito bem o que é o «teletrabalho».

Palavras Cruzadas Paulo Freixinho

No início, trabalhava na varanda (marquise) da casa dos meus pais.
Sem Internet, para entregar o trabalho, ia para Lisboa de barco quando muitos já regressavam dos seus trabalhos... entregava o meu trabalho e voltava.
Veio a Internet.
Veio a minha primeira filha.
Trabalho, há muitos anos, no sótão da minha casa.
Trabalhar em casa não é o mesmo que trabalhar num escritório.
Trabalhar em casa com filhos não é o mesmo que trabalhar num escritório.
Trabalhar em casa com filhos que têm trabalhos de casa e, também eles, estão em casa mas "estão" na escola, não é a mesmo que trabalhar num escritório.
Trabalhar em casa em quarentena (forçada) não é o mesmo que trabalhar num escritório.
Por vezes, trabalhando em casa, sem estar em quarentena, até parece que se está em quarentena.
As teorias são úteis mas são teorias... depois temos as rotinas... funcionam nos primeiros dias... é normal... ainda somos humanos.
Podemos trabalhar em casa de pijama, sim.
O que vamos vestir deixa de ser preocupação.
O tempo que faz deixa de ser preocupação.
Podemos não fazer a barba.
Trabalhar em casa é bom para o ambiente.
Trabalhar em casa não é para todos... não serve para todas as profissões... mas, depois "disto", muitos desejarão continuar a trabalhar em casa.
Boa sorte para todos os que estão em «teletrabalho» (Palavra do Ano?).
Boa sorte para todos!

Amplexos e ósculos!... (estes são inofensivos)...

16.3.20

Palavras Cruzadas para ajudar a enfrentar a quarentena

As Palavras Cruzadas são, obviamente, uma bela forma de ocupar o tempo, principalmente agora que haverá muito tempo livre.
Estou certo de que as pessoas saberão como ocupar o seu tempo durante a quarentena (não façamos das pessoas umas "totozinhas") mas as Palavras Cruzadas são mesmo uma boa alternativa: derrotamos o vírus ao mesmo tempo que enriquecemos o nosso vocabulário.
Nesta fase das nossas vidas a desculpa "não tenho tempo" já não pega...
Até podemos implementar nas nossas casas um Clube de Palavras Cruzadas:

Palavras Cruzadas Paulo Freixinho

Neste blogue encontra centenas de Palavras Cruzadas e outros passatempos para imprimir, no blogue Sabe Mais k(que) os teus Pais tem mais de uma centena de Palavras Cruzadas para miúdos curiosos e graúdos que não perderam a curiosidade e na minha página do Facebook Palavras Cruzadas - Paulo Freixinho pode participar num Clube de Palavras Cruzadas online.
Para os mais novos (e não só), pode ainda dar azo à criatividade na GrelhArte.
Convém talvez avisar que derrotamos o coronavírus mas ficamos com o "bichinho" das Palavras Cruzadas... mas este último é benigno... ;)
E pronto...
Proteja-se e boa sorte (vamos precisar de sorte para escapar ao vírus e sorte para que consigamos escapar à crise económica que, certamente, virá a seguir)...

Amplexos e ósculos!... (estes são inofensivos)...
Pesquisa personalizada

Para mecenas