Faço as Palavras Cruzadas do... (pode escolher múltiplas respostas):

3.6.07

Paulo Freixinho - Biografia

Nasci em Lisboa, no dia 1 de Outubro de 1968, mas aos 3 anos fui viver para o Barreiro.
O gosto pelas Palavras Cruzadas surgiu por volta dos 14 anos. Entre colegas de escola, tentava-se resolver os problemas de Palavras Cruzadas das revistas e por volta dos 16 tentei criar o meu primeiro problema de Palavras Cruzadas... eu escrevi tentei criar... mas não consegui!
A escola nunca me seduziu muito, estudei apenas até ao 12.º ano, mas sempre tive um gosto especial por desenho, artesanato e música.
Participei em algumas Feiras de Artesanato onde vendia os meus bonecos de barro, daqueles com mensagens. Modéstia à parte, tinha um certo jeitinho e vendi bastantes bonecos, o que me permitiu juntar o dinheiro suficiente para comprar uma viola baixo (das mais baratas, claro!) e realizar um sonho... o de experimentar a vida de músico.
Fiz parte dos Spel e O Soberano Veste Chanel. Participámos em diversos concursos de música moderna e foi por um triz que não gravámos um disco, ao ficarmos em 2.º lugar num concurso de Sines. Depois, veio a tropa (no meu caso, a Marinha), os primeiros empregos, os casamentos e as coisas ficaram por ali.
Profissionalmente, comecei por ser desenhador gráfico. Foi precisamente no atelier onde trabalhava, que vi a minha primeira página de passatempos ser publicada numa revista lá produzida, a Video 15.
Passado pouco tempo, em Junho de 1990, editei, juntamente com um colega desse atelier, a minha primeira revista de passatempos, a Jogos_Cruzados.
A produção da Jogos Cruzados levou-me até à Agência Feriaque onde iniciei uma colaboração que dura até hoje e que já resultou em mais de 20 000 passatempos, onde se incluem cerca de 400 revistas, na maioria dedicadas aos mais novos.
No meio de todos esses passatempos, foram aparecendo alguns quadros, resultado do meu gosto pelo desenho e pintura.
Actualmente (2007), faço as Palavras Cruzadas da Caras, Diário de Notícias, Público, as Grandes Cruzadas do 24 Horas e Directas para as revistas TV+ e Notícias Magazine.
Entretanto, surgiu este "vício" dos blogs e aqui estou eu para mostrar ao "mundo" o meu trabalho.

Seja bem-vindo,
Paulo Freixinho

2 comentários:

  1. Não o conhecia!
    Parabéns pelo seu trabalho e tenacidade.
    Continue. Há certamente, muita gente a beneficiar do seu labor.

    ResponderEliminar

Pesquisa personalizada

Para mecenas