Faço as Palavras Cruzadas do... (pode escolher múltiplas respostas):

2.8.09

Zeca Afonso - Faria 80 anos, dedico-lhe 80 palavras

José Afonso, faria hoje, dia 2 de Agosto, 80 anos.
Para assinalar a data, criei umas Palavras Cruzadas elaboradas a partir de 15 palavras da letra de Grândola, Vila Morena: canção composta e cantada por Zeca Afonso, incluída no álbum Cantigas do Maio, gravado em Dezembro de 1971, posteriormente escolhida pelo Movimento das Forças Armadas (MFA) para ser a segunda senha de sinalização da Revolução dos Cravos.

Palavras escolhidas:

Amigo
Azinheira
Cidade
Companheira
Fraternidade
Grândola
Idade
Igualdade
Morena
Ordena
Povo
Rosto
Terra
Vila
Vontade

Encontre-as no seguinte passatempo (clique para ampliar e imprima):

Palavras Cruzadas para imprimir: Zeca Afonso - Grândola, Vila MorenaDestaco a curiosa coincidência: 80 anos... 80 palavras formam este passatempo...
:-)

Nota: Todas as palavras que preenchem a grelha encontram-se na zona dos comentários, ordenadas alfabeticamente.

Links relacionados:
Zeca Afonso
Grândola, Vila Morena
AJA - associação José Afonso (blogue)
Desenho infantil: Zeca Afonso (foto)

Amplexos e ósculos!

2 comentários:

  1. AAR
    ADIDO
    AFINAR
    AG
    AIO
    AM
    AMIGO
    ÂNCORA
    AO
    AP
    AR
    ARCA
    ARENA
    AZINHEIRA
    CADUCAR
    CHIM
    CIDADE
    COMPANHEIRA
    CULATRA
    DA
    DAMA
    DEU
    ELA
    EVA
    FRATERNIDADE
    GORRO
    GRÂNDOLA
    GROU
    HINO
    IA
    ICE
    IDADE
    IGUALDADE
    II
    IN
    INTER
    IT
    LA
    LAT
    LO
    LOA
    MA
    MADIDEZ
    MICRA
    ML
    MÓI
    MORENA
    NADAR
    NAU
    NAVE

    NS
    OCAS
    ORDENA
    OREI
    OSO
    OU
    OUSADA
    PAZ
    PÊLO
    PI
    PIADA
    POVO
    PR
    RE
    REZAR
    ROL
    ROSTO
    SE
    SOR
    TEMA
    TERRA
    TORO
    UDO
    USO
    VI
    VILA
    VONTADE

    ZECA

    ResponderEliminar
  2. "O músico poeta"

    Quando passam 80 anos sobre o nascimento do músico José Afonso, é bom relembrar às actuais gerações quem foi o genial poeta que renovou o conceito de música popular portuguesa.

    Mais do que um mero activista de esquerda, lutou pelos oprimidos com total desprendimento material. Era um homem simples, dispensava a formalidade do traje académico e o estatuto de vedeta. Adorava o contacto com a natureza, e acima de tudo, o conceito de liberdade, pois só assim se pode explicar a sua não filiação em partidos políticos e a consequente imposição de amarras ideológicas.

    Nunca esqueceu o grande amor da sua vida - Coimbra. Foi detido várias vezes e impedido de praticar a docência só porque manifestava a sua opinião crítica. Mas como disse o Zeca, "não me arrependo nada do que fiz".

    http://dylans.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar

Pesquisa personalizada

Para mecenas