Palavras Cruzadas em papel ou digital?

25.9.10

Livros e Palavras Cruzadas

Depois de ter terminado o meu «primeiro» livro há que pôr o trabalho em dia... tenho uma pilha de livros sobre a mesa, um caderno cheio de palavras anotadas e muita vontade de cruzá-las e partilhá-las com os leitores deste blogue.
Aqui fica uma lista de livros a trabalhar:

O Planalto e a Estepe (Pepetela)
Os Livros que Devoraram o meu Pai (Afonso Cruz)
Novas Crónicas da Boca do Inferno (Ricardo Araújo Pereira)
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar (Luis Sepúlveda)
Novos Contos da Montanha (Miguel Torga)
Manhã Submersa (Vergílio Ferreira)
Viagens na Minha Terra (Almeida Garrett)
Memorial do Convento (José Saramago)
A Sibila (Agustina Bessa-Luís)
Livro (José Luís Peixoto)

Pilha de livros: muitas palavras para cruzarSe gosta deste blogue e tem Facebook então pode ficar a par das novidades... basta clicar:
Seguir as Palavras Cruzadas - Paulo Freixinho via Facebook

Amplexos e ósculos!...

5 comentários:

  1. Olá Paulo.

    Andava a pesquisar palavras-cruzadas para os meus alunos (de vez em quando, sabe bem uma aula diferente) e dei com o seu blog. Adorei ;)

    Continue com o óptimo trabalho.

    ResponderEliminar
  2. Que rico painel de leituras. Está de parabéns. Gostaria de destacar, em razão das minhas leituras, A MANHÃ SUBMERSA (3 vezes), O MEMORIAL DO CONVENTO (2 vezes, do Satramago melhor só O ANO DA MORTE DE RICARDO REIS), A SÍBILA (o melhor da Agustina), NOVOS CONTOS DA MONTANHA (pelo Natal aproveito para voltar a ler um dos contos-NATAL, que é lindo), e VIAGENS NA MINHA TERRA (o Garrett bem merece ser lido). Por ter solicitado a sua reserva, hoje mesmo levantei, na Bertrand, o LIVRO do JLP, com o seu autografo. Li o CEMITÉRIO DE PIANOS, que achei muito interessante tendo em conta a sua problemática. É um escritor, da nova vaga, de que me estou aproximando.
    Parabéns pela escolha. Bom trabalho
    Um abraço,
    Joaquim Boavida

    ResponderEliminar
  3. @Maria João

    Olá, Maria João!
    Obrigado pelo simpático comentário.
    Fico feliz por saber que os passatempos que aqui vou disponibilizando chegam aos mais novos através dos seus professores.
    Espero que encontre por aqui passatempos dignos dessa honra... será sempre bem-vinda...


    @Joaquim Boavida

    Olá, Joaquim!
    Outro simpático comentário.
    Muito dos livros que li nos últimos tempos estão relacionados com o meu livro que, espero eu, será lançado ainda este ano.
    Gostei muito de ler Miguel Torga (o do Garrett, menos) e quanto ao da Agustina, que ainda não terminei, é riquíssimo em vocabulário.
    Quanto ao José Luís Peixoto... pois... sou Fã... adoro a sua escrita... estive ontem com ele, pela segunda vez, no lançamento do seu último romance e posso dizer-lhe que é uma simpatia de pessoa... muito afável... assim que terminar A Sibila pegarei no «Livro»... para ler com muita atenção... e tranquilidade...

    Amplexos e ósculos!...
    PF

    ResponderEliminar
  4. Adorei a Sibila... tem, assim, tanto de mim, das minhas raízes (não muito profundas, mas fortes) e é de uma sensibilidade tremenda.
    Quanto ao José Luis Peixoto, confesso que ainda não o conhecia e continuo alheio à sua obra, porém, ao ler o prefácio de sua autoria em "Rayuela" de Julio Cortázar, fiquei deveras interessado. Quem escreve assim...
    Quanto a Miguel Torga... bem... não sei se serei capaz de ajuizar sem correr o risco de estragar. Ainda me falta ler muito da sua obra mas, pelo também muito que já lí, não o comparando com ninguém, apetece-me apelidá-lo de "o melhor que passou pela nossa literatura"... e ainda hoje não percebo como lhe escapou o nobel!!!

    ResponderEliminar
  5. Olá Eduardo,
    Foste uma das pessoas que me levou a querer ler A Sibila... obrigado por isso... ler aquelas páginas fez-me recordar os tempos que passei, na infância, numa aldeia perto de S. Pedro do Sul... conservo muitas memórias daqueles lugares... a casa nova, a casa velha, uma rudimentar casa de banho (leia-se tábua com um buraco... os campos de milho... os celeiros... os porcos... a velha cozinha (escura) com a sua mesa de bancos corridos... a serra... as histórias de lobos... os sons da noite... estreitas ruas empedradas onde nos cruzávamos com gado... e a liberdade que se tem ao andar sozinho por entre tudo aquilo (6, 7 ou 8 anos...)...
    Miguel Torga... gostei muito, mas ainda só li um livro dele...
    Quanto ao José Luís Peixoto... aconselho-te vivamente...

    Abraço e obrigado pelo comentário,
    PF

    ResponderEliminar

Pesquisa personalizada

Para mecenas