Faço as Palavras Cruzadas do... (pode escolher múltiplas respostas):

9.12.10

A Boneca de Kokoschka

As Palavras Cruzadas que aqui publico foram elaboradas a partir de palavras anotadas durante a leitura do livro A Boneca de Kokoschka, de Afonso Cruz (Quetzal).

Paulo FreixinhoUtilizei as seguintes palavras:

Duce
Êxodo
Hades
Onagro
Ouija
Torá

Trechos onde aparecem:

"Passava os dias sentado numa cadeira de palhinha que um tio lhe tinha trazido de Itália.
O duce sentou-se nela, tinha-lhe dito o tio."

"INFLUENCIADO PELO ESCURO, Isaac Dresner recitava a Torá (porque era a única luz que tinha, dizia ele), recitava o mais que podia, exercitava a memória, dizia as palavras da Torá exactamente como ela tinha sido escrita sem alterar uma vírgula. Neste caso, o Êxodo:"

"-Tenho uma livraria de almas mortas - costumava dizer Isaac Dresner. - Um Hades feito de papel. A minha livraria é como Dresden: almas mortas."

"Se os queres ajudar tens de chicoteá-los como os animais. Um burro sem jugo é um onagro."

"A nossa cabeça é um mundo de fantasmas, e não há neurocirurgião capaz de operar superstições. Deviam substituir a mesa de operações por uma mesa de ouija."


Clique na imagem para ampliá-la e imprima:

Passatempo para imprimir - Paulo FreixinhoPalavras que mudam com o Acordo Ortográfico:Contracção: Contração
Egipto: Egito
Exactamente: exatamente

Nota: As 52 palavras que preenchem a grelha encontram-se na zona dos comentários, ordenadas alfabeticamente.

Link relacionado:
A Boneca de Kokoschka (Blogue de Afonso Cruz)

Amplexos e ósculos!...


Tem Facebook?... Gostava que gostasse da seguinte página:.
Livro: Palavras Cruzadas com Literatura
;-)

3 comentários:

  1. AA
    AN
    ANIME
    AO
    ARU
    ÁS
    AU
    BE
    BELAS
    CHALUPA
    CHIBO
    CIO
    COSER
    CRI
    DEI
    DUCE
    ERA
    ETNA
    EX
    ÊXODO

    GÁS
    HADES
    ID
    IMAGEM
    IR
    ISTO

    KART
    KL
    KO
    KOKOSCHKA
    LED
    MAS
    MÊS
    MO
    MS
    OBUS
    OLHOS
    ONAGRO
    OO
    OR
    ORA
    ORESSA
    OUIJA
    PUS
    RIR
    SAM
    SC
    TORÁ
    UM
    VER

    ResponderEliminar
  2. e depois não tem lógica nenhuma escrever-se Egípcio como sendo alguém do Egito...

    ResponderEliminar
  3. Pois... apesar de "estranho", para quem sempre disse o «p», há uma resposta para isso:

    "apesar do p pronunciado em palavras da mesma família, como egípcio e egiptologia, cuja grafia se conserva, considera-se que, em relação a Egipto, tradicionalmente não se pronuncia o p no padrão culto europeu, pelo que a nova grafia deverá ser Egito"

    Fonte: http://www.ciberduvidas.com/aberturas.php?id=1142

    ...

    a "culpa" é do «padrão culto europeu»...

    ResponderEliminar

Pesquisa personalizada

Para mecenas