Palavras Cruzadas em papel ou digital?

9.8.11

Charadismo: Ecos de Braga

Há dias recebi um simpático e-mail do qual transcrevo as seguintes considerações sobre as Palavras Cruzadas:

"(...) aproveito para lhe apresentar os meus sinceros parabéns por se dedicar a tão nobre e útil passatempo, já que, em minha opinião e não só, as mais profícuas páginas de jornais e revistas são exactamente as que inserem palavras cruzadas e outros tipos de passatempos, porque obrigam a manter o funcionamento dos nossos neurónios, o que, está provado, retarda o envelhecimento, evita doenças do foro neurológico, stresses, etc, etc.
(...)
Acredito, até, que o Ministério da Saúde pouparia muitos milhões se, em muitos casos, os médicos receitassem "palavras cruzadas" em vez de drogas."

Apoiado!... ;-)

Quem escreveu estas palavras foi um charadista de 74 anos, Aleme, o seu pseudónimo. Charadista desde os 15 anos, colaborador de vários jornais e revistas, é um dos fundadores da Tertúlia Charadística Bracarense, editando o boletim «Ecos de Braga» (editado em Março, Junho, Setembro e Dezembro de cada ano).


O referido boletim chegou esta semana à minha caixa de correio e prometo que irei tirar um "curso de charadismo" (assim haja tempo).
;-)

Para além da dedicação ao charadismo, já elaborou milhares de Palavras Cruzadas e orgulha-se de ter em seu poder, passo a citar: "os maiores problemas de Palavras Cruzadas do mundo, um dos quais tem mais de 11 metros de comprido por 80cm de largura"... é obra!...

Amplexos e ósculos!...


Tem Facebook?... Gostava que gostasse da seguinte página:.
Livro: Palavras Cruzadas com Literatura
;-)

2 comentários:

  1. Caro amigo P.Freixinho - Acompanho seu site de palavras cruzadas,o que eu adora para resolver as soluçoes dos problemas das cruzadas. Gostaria de saber como tenho contacto com a Tertúlia Charadística Bracarense e gostaria de receber seu boletim "Ecos de Braga". Aproveito para parabenizá-lo pelas publicações dos problemas das cruzadas, que EU considero não como passatempo, e sim como uma ARTE. Pois me acosto as palavras do nosso amigo Aleme, ele está com 74 anos e aqui estou com 79 anos, graça a está ARTE. Meu E-mail para contacto, s aqui no Brasil é gv.Ribeiro@hotmail.com Que DEUS os ilumine estendido a seus familiare.
    Amplexos afetuoso.

    ResponderEliminar
  2. Obrigado pelo simpático comentário.
    Vou enviar-lhe por e-mail o contacto do boletim 'Ecos de Braga'.
    Amplexo,
    PF

    ResponderEliminar

Pesquisa personalizada

Para mecenas